ST sedia conferência de educação de cinco municípios

A Prefeitura de Serra Talhada, através da sua Secretaria de Educação realizou neste sábado (25) às 9 horas, a fase Intermunicipal da CONAE 2014 (Conferência Nacional de Educação). Já num clima de festa Junina, ao som de um trio de forró, prefeitos, secretários municipais, professores e gestores em educação foram recebidos pelo secretário de Educação […]

26 de maio de 2013 | 17:53

ConaA Prefeitura de Serra Talhada, através da sua Secretaria de Educação realizou neste sábado (25) às 9 horas, a fase Intermunicipal da CONAE 2014 (Conferência Nacional de Educação).

Já num clima de festa Junina, ao som de um trio de forró, prefeitos, secretários municipais, professores e gestores em educação foram recebidos pelo secretário de Educação de Serra Talhada, Israel Alves para discutirem mudanças que fortaleçam o modelo de educação no país, conforme frisou Alves.

O Encontro aconteceu no auditório da Escola Imaculada Conceição com capacidade para 600 pessoas e que ficou pequeno para o grande número de interessados.

Participaram do evento os prefeitos dos municípios de Calumbi, Flores, Triunfo e Santa Cruz da Baixa Verde, além de secretários e vereadores.

Na abertura do evento, fazendo uso da palavra o prefeito  de Serra Talhada Luciano Duque deu as boas vindas aos participantes e falou da importância do momento, não apenas para o município mas para toda região. “Temos responsabilidades na formação das novas gerações”, frisou ele e alertou: “precisamos aprimorar cada vez mais a qualidade de nossas ações”.

Segundo o secretário de educação de Serra Talhada, Israel Aves, a Conferência tem uma importância muito grande pois ” é um exercício para lutar pela educação”, disse ele que lembrou ainda: “estamos não apenas olhando para causas particulares, somente nossa, estamos aqui olhando para o Brasil”.

Como palestrante, o deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT/PE) que é também membro titular na Comissão de Educação na Câmara dos Deputados fez uma radiografia da educação no país desde a chegada dos portugueses no território nacional em 1500 até os dias atuais. Segundo ele, no caso da educação “o tempo está nublado”, pois, conforme informou, existe tramitando no Senado um projeto para educação que é “puro retrocesso” e diante desse quadro convidou a platéia a “fazer uma revolução na educação, ainda que tardia”.

“Crescimento econômico não é desenvolvimento”, disse Paulo Rubem, criticando as políticas nacionais que visam apenas o crescimento econômico do país sem investirem maciçamente na educação de base. Bastante aplaudido o deputado encerrou sua palestra dizendo que “educação só é emancipatória se for inserida nela a participação da comunidade”.

Além de Paulo Rubem Santiago palestrou também o paranaense especialista em financiamento da educação Carlos Eduardo Sanches.

Após as palestras os participantes se reuniram para discutirem os eixos temáticos apresentados o que estendeu-se até as 17:30 horas, logo depois foi consolidado um documento único e eleito os delegados que representaram a região no Fase Estadual da Conae 2014.