Serra Talhada vai ganhar vara de proteção à mulher

Serra Talhada, no sertão do Pajeú, está se fortalecendo no combate à violência contra a mulher. Além de ganhar, no início do ano, uma secretaria exclusiva para executar políticas que atendam os anseios femininos, outra novidade vem motivando o trabalho dos técnicos do setor e enchendo a população de esperança. Uma vara especializada no combate […]

7 de outubro de 2013 | 18:26

TJPE 1

Serra Talhada, no sertão do Pajeú, está se fortalecendo no combate à violência contra a mulher. Além de ganhar, no início do ano, uma secretaria exclusiva para executar políticas que atendam os anseios femininos, outra novidade vem motivando o trabalho dos técnicos do setor e enchendo a população de esperança. Uma vara especializada no combate à violência contra a mulher irá funcionar no novo polo jurídico do município.

A obra deve iniciar a partir de janeiro do próximo ano, após o prefeito Luciano Duque oficializar a doação de um terreno de 19 mil metros quadrados, no final de setembro, ao presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Jovaldo Nunes Gomes. A notícia da instalação da vara especializada vem animando a secretária municipal da Mulher e vice-prefeita, Tatiana Duarte.

“Estamos ansiosos pela criação dessa nova vara. Vai nos ajudar e muito na luta contra a violência doméstica. Serra vem registrando muitos casos do tipo quase que diariamente e temos que fortalecer a rede protetiva. Apesar dos nossos esforços, muitas serratalhadenses vêm tendo o seu futuro ceifado por conta de uma cultura violenta que tem se demonstrando contrária, principalmente, a nossa autonomia”, relatou.

A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) está pronta para votar projeto de lei que autoriza a criação da vara de Violência Doméstica Familiar contra a Mulher na Capital do Xaxado de mais cinco varas de Justiça no município sertanejo. Serão criados também o 1º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo, 2º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo, 3º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo e Central de Conciliação Mediação e Arbitragem.

Segundo a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – seccional Serra Talhada, a iniciativa vai acelerar cerca de 12 mil processos acumulados na Capital do Xaxado. “A população sai beneficiada com a parceria entre o poder judiciário de Pernambuco e o Governo Municipal. A nossa gestão vem sendo marcada, principalmente, pelo constante diálogo que estamos abrindo com órgãos e entidades públicas e privadas em favor de obras e projetos para a nossa cidade”, disse o prefeito Luciano Duque.