Secretaria de Saúde fortalece ações contra o sarampo em ST

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada começa a fortalecer ações de vigilância contra o sarampo no município, após a confirmação, por parte da Secretaria Estadual de Saúde (SES), de cinco casos da doença em cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR) nos meses de março e abril deste ano. Desde o ano 2000 Pernambuco não […]

8 de maio de 2013 | 21:20

A Secretaria de Saúde de Serra Talhada começa a fortalecer ações de vigilância contra o sarampo no município, após a confirmação, por parte da Secretaria Estadual de Saúde (SES), de cinco casos da doença em cidades da Região Metropolitana do Recife (RMR) nos meses de março e abril deste ano. Desde o ano 2000 Pernambuco não registrava uma transmissão autóctone da doença, ou seja, dentro do país. Diante disso, o núcleo de vigilância em saúde da Capital do Xaxado entrou em estado de alerta.

Segundo o coordenador do núcleo, Aron Araújo, a orientação é que todos os profissionais que atuam no setor trabalhem no sentido de identificar casos suspeitos. “Pois o registro desses cinco casos de circulação do vírus em Pernambuco é preocupante. Todos os profissionais se mantenham em alerta a qualquer caso suspeito de doença febril”, acrescentou Aron Araújo, ressaltando que o sarampo é altamente transmissível.

Ele explica que, em certos casos graves, a doença pode ocasionar pneumonia, encefalite e morte. Segundo especialistas, após exposição a um caso de sarampo praticamente todos os indivíduos suscetíveis adquirem a doença. “Em caso suspeito, a população deverá procurar a Unidade de Saúde da Família mais próxima ou o Centro de Saúde para melhor esclarecimento”, comentou o chefe da Vigilância em Saúde do município.Aron 1