Prefeitura entrega certificados a mototaxistas

Em solenidade realizada nesta quinta-feira (8), a Prefeitura de Serra Talhada, através da sua Secretaria de Serviços Públicos entregou certificados de direção defensiva a 204 mototaxistas do município. O certificado é a peça fundamental para regularização da profissão, com ele o portador poderá solicitar seu alvará para o exercício da profissão e assim solicitar a […]

9 de agosto de 2013 | 19:15

Em solenidade realizada nesta quinta-feira (8), a Prefeitura de Serra Talhada, através da sua Secretaria de Serviços Públicos entregou certificados de direção defensiva a 204 mototaxistas do município. O certificado é a peça fundamental para regularização da profissão, com ele o portador poderá solicitar seu alvará para o exercício da profissão e assim solicitar a placa vermelha, obrigatória para veículos de aluguel.

 

O evento, além do secretário de Serviços Públicos, Célio Antunes, contou também com a presença do prefeito Luciano Duque, diversos vereadores e secretários municipais.

 

Na oportunidade Antunes falou da importância do curso e lembrou que o municio arcou com todas as despesas, numa forma de colaborar com a classe. Lembrou ainda que das 300 vagas que foram disponibilizadas apenas 210 compareceram e aproveitou para convocar os 90 faltantes que tem até o dia 19 e 20 deste mês para comparecerem para realizar o curso.

 

O Curso de direção defensiva é ministrado pelo Senai e é uma exigência do CONTRAN para a liberação da placa vermelha. De acordo com informações de Célio Antunes, no município existem vagas para o funcionamento de 750 mototaxis, mas até agora somente 300 atendem as exigências do órgão nacional de trânsito.

 

Fazendo uso da palavra o prefeito Luciano Duque anunciou que embora o alvará custe cerca de R$ 120, por sua determinação será cobrado dos mototaxistas apenas R$ 75, em mais uma demonstração da boa vontade e do reconhecimento do poder público para com a classe.

 

“Estamos unidos a vocês. Queremos o quanto antes regularizar seus serviços que sabemos ser essencial, mas temos prazo para isto. Em 60 dias todos deverão está com suas placas vermelhas, suas motos adesivadas e usando regularmente os capacetes, caso isto não aconteça poderão sofrer penalidades por parte dos órgãos de fiscalização estadual e federal”, informou Duque e concluiu: “até lá estaremos procurando ajudá-los, incentivá-los, pois queremos o melhor para categoria, depois não poderemos fazer nada, temos que obedecer as leis”, disse ele.

TAXI 1Já na próxima semana o Detran estará na cidade, no entanto, conforme informou Célio Antunes, não atuará em fiscalização aos mototaxistas, “eles vem para ordenar o trânsito, fizemos um acordo e conseguimos um prazo de 60 dias para que os mototaxis se adequem as normas”. Célio informou ainda que já está criada a Autarquia de Trânsito do Município, a STTRANS, que deverá está funcionando em sua plenitude até dezembro deste ano.