Governo firma parceria para implantar “Plano Brasil Sem Miséria” em ST

A Prefeitura de Serra Talhada firmou parceria, nesta quarta-feira (29), com a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco) para implantação do Plano Brasil Sem Miséria, do Governo Federal, no município. Uma reunião entre representantes da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar; Desenvolvimento Social e Codevasf acertou que a Capital do Xaxado será atendida […]

29 de maio de 2013 | 19:16

Reunião 1A Prefeitura de Serra Talhada firmou parceria, nesta quarta-feira (29), com a Codevasf (Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco) para implantação do Plano Brasil Sem Miséria, do Governo Federal, no município. Uma reunião entre representantes da Secretaria Municipal de Agricultura Familiar; Desenvolvimento Social e Codevasf acertou que a Capital do Xaxado será atendida pelo eixo 3 do programa, que garante incentivo à inclusão de famílias que atuem em arranjos produtivos, tanto na zona rural como urbana.

“Ao lado da garantia de renda e do acesso a serviços públicos, esse eixo tem como objetivo propiciar o acesso da população em extrema pobreza a oportunidades de ocupação e renda e apresenta estratégias diferenciadas para o meio urbano e o rural. O estímulo ao aumento da produção no campo e a geração de ocupação e de renda na cidade”, explicou o secretário de Agricultura Familiar, José Pereira. Nesta quarta, foi formada uma comissão gestora de acompanhando dos trabalhos de implantação do projeto junto à Codevasf em Serra Talhada.

Após essa etapa, a missão será de traçar um diagnóstico econômico-social das famílias que vivem a baixo da linha da pobreza na Capital do Xaxado. “Vamos contar com a ajuda da comissão para nos ajudar a fazer um levantamento de quantas pessoas sobrevivem com renda menor que R$ 70. Identificando as famílias, será feito um cadastro e traçaremos as estratégias de incentivo aos arranjos produtivos em que essas já famílias atuam”, detalhou a coordenadora do Plano no município, Elizabeth Macedo