Samu, UPA E e UPA 24 horas, Serra Talhada vive novos tempos

O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, e o secretário estadual de Saúde Antonio Figueira, realizaram uma vistoria, na manhã desta quarta-feira (31), nas obras da Central de Regulação do Samu e da Unidade Pernambucana de Atendimento Especializada (UPA-E) que estão em construção no município. Em conversa com o prefeito, Figueira disse que as duas […]

31 de julho de 2013 | 18:38

O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, e o secretário estadual de Saúde Antonio Figueira, realizaram uma vistoria, na manhã desta quarta-feira (31), nas obras da Central de Regulação do Samu e da Unidade Pernambucana de Atendimento Especializada (UPA-E) que estão em construção no município. Em conversa com o prefeito, Figueira disse que as duas obras deverão ficar prontas até o final do ano, sendo o Samu, em meados de setembro, e a UPA-E até dezembro.

Para Luciano Duque, a conclusão dos dois empreendimentos representará um salto na qualidade de vida da população. “Pois todos estavam esperando há muito tempo pela melhoria dos serviços de saúde em nossa cidade”, afirmou o prefeito. Se dizendo satisfeito pela atenção dada à Serra Talhada pelos governos estadual e federal, Luciano contabilizou, nesta quarta-feira, mais outra vitória para o fortalecimento do setor na terra de Lampião.

“Tivemos a confirmação, por parte da assessoria do Ministério das Relações Institucionais, que Serra Talhada receberá, em breve, as obras de construção de uma UPA 24 horas, somando ao Samu e à UPA do estado, tudo é o sinal de que as nossas solicitações estão sendo atendidas e os investimentos estão chegando mais rápido do que esperávamos”, comemorou.

SAMU

O Samu na Capital do Xaxado atenderá 35 municípios da região. Ao todo, 787.261 mil pernambucanos serão beneficiados com a iniciativa. Estão sendo investidos R$ 720 mil na obra, sendo R$ 320 mil do Estado, R$ 150 mil do Governo Federal e R$ 250 mil do município, que ainda cedeu o terreno.

Atualmente, 70% da obra já está concluída, faltando a finalização do forro interno, colocação do piso e pintura. O Samu da Macrorregional de Serra Talhada terá 24 ambulâncias básicas e 5 de suporte avançado, que funcionam como UTIs móveis.vISTORIA 2