Zona Azul: Campanha Educativa começou hoje (03)

O objetivo é organizar o centro da cidade com custo zero para o município

3 de novembro de 2015 | 22:52

Zona Azul

(Fotos: Orlando Telles / Texto: Rochany Rocha)

A Prefeitura Municipal de Serra Talhada, através da Superintendência de Trânsito, STTrans, deu início hoje (03), ao período da Campanha Educativa sobre a Zona Azul.
Durante todo o mês de novembro, a empresa licitada e responsável pela Zona Azul no município, Sinal Vida, estará com a equipe de instrutores ensinando a utilizar os parquímetros, bem como orientando e conscientizando a população sobre como será a organização do trânsito a partir de 01 de dezembro.
“Hoje temos 18 parquímetros instalados e prontos para funcionamento. Eles estão distribuídos pelo centro da cidade, e vão funcionar com uso de moedas, ou cartão magnético, fornecido pela empresa Sinal Vida, responsável pela cobrança e controle da Zona Azul”, explica o Superintendente de Trânsito, Célio Antunes.
Ainda de acordo com Célio, o Departamento Nacional de Trânsito – DENATRAN, aprovou o processo de municipalização de Serra Talhada, publicando em Diário Oficial. “Isso significa que Serra Talhada está dentro dos padrões e das normas estabelecidas pelo departamento e assume, ativamente o trânsito.
A ação teve como objetivo principal organizar o centro da cidade, com custo zero para o município. “A empresa é a responsável por fazer todas as alterações necessárias para se manter dentro dos critérios do Denatran. Com a nova organização, serão geradas mais de 700 vagas para veículos e mais de 400 para motos. Além de garantir as vagas para idosos, gestantes e cadeirantes”, afirma o superintendente.
A cada hora, o veículo que ocupar uma vaga nos locais demarcados com a Zona Azul vai pagar a quantia de R$ 1, 50, podendo, este veículo permanecer por duas horas em cada local. Depois desse tempo, o condutor deverá buscar uma nova vaga. Para as motos o procedimento é o mesmo, sendo o valor por hora reduzido para R$ 0,75 a hora.
Para o Prefeito Luciano Duque, é mais um avanço para o desenvolvimento do município, além de investimento em dezenas de empregos gerados com a implantação da empresa.
“Quando pensamos no trânsito mais organizado, estamos pensando nas segurança e na saúde das famílias. O cuidado com as pessoas parte de todas as esferas e o ordenamento do trânsito é uma delas. Além disso, quando acreditamos em mudanças desse patamar, nós estamos acreditando no desenvolvimento das pessoas e no investimento em geração de emprego e renda”, finaliza o Luciano.