Serra Talhada comemora criação do Sistema Municipal de Cultura

Serra Talhada agora tem um Sistema Municipal de Cultura (SMC). A Câmara de Vereadores do município aprovou, por unanimidade, a criação do mecanismo, durante sessão nesta segunda-feira (4). Para muitos, a proposta apresentada à Câmara pelo prefeito Luciano Duque (PT), vem sendo considerada um divisor de águas na história da arte e da cultura na […]

5 de novembro de 2013 | 16:31

DomarSerra Talhada agora tem um Sistema Municipal de Cultura (SMC). A Câmara de Vereadores do município aprovou, por unanimidade, a criação do mecanismo, durante sessão nesta segunda-feira (4). Para muitos, a proposta apresentada à Câmara pelo prefeito Luciano Duque (PT), vem sendo considerada um divisor de águas na história da arte e da cultura na cidade, sendo uma reivindicação do movimento cultural do município sertanejo.

“Agora é hora de arregaçar as mangas, colocar as mãos na massa, porque teremos muito trabalho. O primeiro passo foi dado, e quero parabenizar a todos por acreditar nessa iniciativa, porque esse será o início de tudo, o marco zero para regulamentar também um fundo municipal de cultura para atender, por meio do repasse de verbas, os projetos de todos os artistas em nosso município”, comemorou o prefeito Luciano Duque, que deve sancionar a lei em breve.

O projeto que criou o Sistema Municipal de Cultura é fruto da ouvida da população, por parte da Secretaria Municipal de Cultura, e fortalecido pela Conferência Municipal de Cultura, realizado em julho passado. “Esse será um dos instrumentos fomentadores da cultura viabilizando a captação de recursos que poderão ser usados para o desenvolvimento de atividades artísticas e culturais em Serra Talhada”, destacou o secretário municipal de Cultura, Anildomá Wiilams.

“Esse ato não representou apenas uma simples votação, mas significou um marco histórico, a própria história sendo escrita em favor os artistas locais”, avaliou.