Pronatec abre mais 150 vagas de cursos técnicos em ST

Serra Talhada acaba de ganhar mais 150 vagas pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal. As aulas chegam à cidade através da parceria UFRPE/Codai (Colégio Dom Agostinho Icas) e governo municipal. Serão oferecidos cinco cursos, cada um com 30 vagas, voltados para as áreas de educação, pesca e […]

28 de maio de 2013 | 18:07

Serra Talhada acaba de ganhar mais 150 vagas pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), do Governo Federal. As aulas chegam à cidade através da parceria UFRPE/Codai (Colégio Dom Agostinho Icas) e governo municipal. Serão oferecidos cinco cursos, cada um com 30 vagas, voltados para as áreas de educação, pesca e apicultura. As inscrições vão até 16 de junho e são presenciais. Os interessados devem procurar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, localizada na Rua Comandante Superior, bairro Nossa Senhora da Penha, nº 1059, no período das 8h às 12h.Curso 1

A matrícula gratuita, por ordem de chegada, garante ao candidato bolsa estudantil de R$ 50 por semana, além de material pedagógico. As aulas irão acontecer todas as noites, das 18h30 às 21h30. O local ainda será definido pelo poder municipal. Podem participar dos cursos pessoas acima de 18 anos com, no mínimo, ensino fundamental. Os cursos são para Agente de Alimentação Escolar/Merendeira (160h); Apicultor (160h); Auxiliar de Biblioteca (160h); Auxiliar de Secretaria Escolar (180h) e Operador para Beneficiamento de Pescado (200h).

De acordo com o professor coordenador da parceria UFRPE/Codai em Serra Talhada, Luiz Vieira de Melo, as aulas devem começar logo após o período junino. “Temos um cronograma para iniciar as aulas em 25 de junho. Todos os alunos receberão, além do suporte de livros e apostilas, ainda uma ajuda de custo para manutenção de alimentação e transporte. Quero convocar todos os serratalhadenses para participar dessa iniciativa que inaugura ótimos cursos para quem deseja se profissionalizar”, afirma.