OP reúne cerca de 200 moradores do Borborema e Baixa Renda

Cerca de 200 moradores participaram da plenária popular do orçamento participativo dos bairros Borborema e Baixa Renda nesse último sábado (25) em Serra Talhada. Essa foi a terceira edição do OP no município, inaugurada pelo prefeito Luciano Duque  em abril. A iniciativa tem o objetivo atender as exigências da população sobre como o governo deve […]

27 de maio de 2013 | 16:45

Cerca de 200 moradores participaram da plenária popular do orçamento participativo dos bairros Borborema e Baixa Renda nesse último sábado (25) em Serra Talhada. Essa foi a terceira edição do OP no município, inaugurada pelo prefeito Luciano Duque  em abril. A iniciativa tem o objetivo atender as exigências da população sobre como o governo deve investir para melhorar a cidade. Entre as principais reivindicações solicitadas pelos moradores das duas comunidades estão: construção de creche/escola; quadra poliesportiva, pavimentação de ruas e instalação de um posto de saúde que atenda as duas localidades.

A dinâmica do OP se deu da seguinte forma: os cidadãos formaram grupos para discutirem propostas de melhorias para o Borborema e Baixa Renda. Depois, eleitos os representantes de cada equipe, as exigências foram encaminhadas para discussão em plenária junto a todos os grupos e técnicos da administração municipal. Durante levantamento das cobranças comunitárias, o governo revelou boas notícias aos moradores.

Uma delas é que já existe cadastrado junto ao Governo Federal de projeto para construção de uma USF (Unidade de Saúde da Família) no Borborema. “Estamos aguardando apenas a aprovação e liberação de recursos”, comentou o secretário executivo de Saúde, José Alves de Lima. Outra novidade é que também já está sendo preparado terreno no Borborema para construção de uma creche e quadra poliesportiva.

Durante o OP da Capital do Xaxado, foram eleitos 20 delegados entre as lideranças do bairro. Estes moradores estarão comprometidos com a fiscalização e andamento das obras que serão executadas pela prefeitura. “Nesta última plenária envolvemos mais os secretários de governo na discussão, dando a eles o direito de responder as perguntas dos participantes”, comentou um dos coordenadores do OP, Marquinhos Dantas.

Presente nas duas primeiras edições da plenária popular que aconteceu nos bairros Ipsep e Mutirão, o prefeito Luciano Duque faltou ao evento no Borborema por questões de saúde. Ele ainda se recupera de uma intervenção cirúrgica realizada há duas semanasOP1 no Hospital Memorial São José, em Recife.