Mais de 2 mil estudantes atendidos na Campanha de Verminose

Nove escolas de Serra Talhada receberam a Campanha Nacional de Combate à Hanseníase e Geohelmintíases (verminoses). Ao todo, 2.119 crianças ganharam doses de Albendazol e foram avaliadas quanto a presença de manchas no corpo. A finalidade da campanha, que aconteceu entre 14 e 24 de maio, foi detectar precocemente casos de hanseníase e tratar verminoses […]

4 de junho de 2013 | 00:10

Verm1Nove escolas de Serra Talhada receberam a Campanha Nacional de Combate à Hanseníase e Geohelmintíases (verminoses). Ao todo, 2.119 crianças ganharam doses de Albendazol e foram avaliadas quanto a presença de manchas no corpo. A finalidade da campanha, que aconteceu entre 14 e 24 de maio, foi detectar precocemente casos de hanseníase e tratar verminoses em crianças e adolescentes com idades entre 5 a 14 anos. Toda a equipe de Saúde da Família da Prefeitura de Serra Talhada esteve mobilizada para atender o público alvo da campanha.

Além de exames para identificar a Hanseníase e Geohelmintíases, a Secretaria Municipal de Saúde ofereceu atendimento médico e odontológico aos estudantes. As escolas beneficiadas com a chegada das equipes foram: Tabelião Antônio Alves (Malhada), Antônio Medeiros (Borborema), José Rufino Alves (Caxixola) Vicente Inácio (Mutirão), Maria José de Sá Ferraz (Cagepe), Nossa Senhora da Penha (Cohab I), Antônio Firmino (Varzinha), Pequeno Mandacaru (Bom Jesus II), São Pedro (Centro I).

“Para a hanseníase, a estratégia foi a busca ativa de casos suspeitos e contamos com a ajuda dos pais nos informando sobre o surgimento qualquer mancha nos filhos. Parabenizamos todos os  estudantes, escolas e profissionais de saúde por participarem ativamente dessa iniciativa muito importante para saúde do município”, comentou a secretária de Saúde, Socorro Brito.