Duque comemora inauguração de trecho da adutora do Pajeú

O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, acompanhou, nesta segunda-feira (2), o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, no ato simbólico que marcou a inauguração do trecho Serra Talhada-Calumbi da Adutora do Pajeú. Duque foi o anfitrião, entre os vários prefeitos da região que estiveram no aeroporto da […]

3 de setembro de 2013 | 17:53

Duque 1O prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, acompanhou, nesta segunda-feira (2), o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, no ato simbólico que marcou a inauguração do trecho Serra Talhada-Calumbi da Adutora do Pajeú. Duque foi o anfitrião, entre os vários prefeitos da região que estiveram no aeroporto da Capital do Xaxado, para recepcionar a a comitiva de autoridades. Na oportunidade, ele aproveitou para conversar também com a gerente regional do Dnocs (Departamento Nacional de Obras contra as Secas), Rosana Bezerra, sobre projetos para o município.

“É extremamente gratificante presenciar a conclusão da adutora, agora, em mais um município da região. Isso é a prova de que o governo está disposto a revolucionar e transformar o semiárido. Estou feliz pela população de Calumbi. Essa inauguração representa uma vitória para toda a população”, comemorou Duque. Em Serra Talhada, a obra da Adutora do Pajeú foi inaugurada pessoalmente pela presidente Dilma Rousseff, que fez questão de visitar o município no início do ano.

A Adutora faz parte das medidas estruturantes do governo federal para reduzir os efeitos da seca e garantir a segurança hídrica no semiárido nordestino. O trecho inaugurado, além de abastecer cerca de oito mil moradores de Calumbi, vai contribuir para fortalecer a agricultura e a pecuária local, principais atividades econômicas do município sertanejo. A cidade pernambucana é a terceira beneficiada pelo sistema adutor.

A vazão em Calumbi chegará a 23 litros por segundo. “No sertão e no agreste, só é possível sonhar com emprego, com renda e com melhoria de qualidade de vida se a gente tive água para poder impulsionar o desenvolvimento da região”, disse o ministro Fernando Bezerra Coelho.

Com 130 quilômetros de tubulação construídos ao longo do Sertão do Pajeú, a obra atende também os municípios de Serra Talhada e Floresta. As próximas cidades beneficiadas pela adutora serão Flores (este mês), Carnaíba (em outubro) e Afogados da Ingazeira (na primeira quinzena de novembro).