Casa da Cultura realiza feira e trás de volta o encanto da banda D.Gritos

Neste domingo (19) a Fundação Casa da Cultura de Serra Talhada realizou mais uma Feira de Artesanato e desta vez, além do artesanato local  e de grupos folclóricos, como o Maracatu Nação Império que se apresentou no pátio da Igreja do Rosário, na Concha Acústica, promoveu também o lançamento do Livro D.GRITOS – DO SONHO […]

20 de maio de 2013 | 21:47

Neste domingo (19) a Fundação Casa da Cultura de Serra Talhada realizou mais uma Feira de Artesanato e desta vez, além do artesanato local  e de grupos folclóricos, como o Maracatu Nação Império que se apresentou no pátio da Igreja do Rosário, na Concha Acústica, promoveu também o lançamento do Livro D.GRITOS – DO SONHO A TRAGÈDIA do professor e pesquisador Paulo César Gomes.

O Espaço ficou pequeno para abrigar os fãs do grupo. “Fãs de ontem e de hoje”, como frisou Tarcisio Rodrigues, Presidente da Casa da Cultura, lembrando que a banda, embora tenha sido desfeita há 20 anos, depois da trágica morte de um dos seus líderes, Ricardo Rocha, que morreu no palco, durante uma apresentação em 1993, continua fazendo sucesso nas gerações atuais e a maior prova aconteceu agora, quando seus ex-integrantes, como Camilo Melo, Jorge Stanley, Nilsão e Noroba, subiram ao palco para reviver os bons momentos da D.GRITOS.D2

O livro de Paulo César conta a história, da formação até o fim daquela que é considerada a mais importante banda de Rock and Roll do sertão pernambucano, e serviu para acender ainda mais a paixão da nova geração pelos roqueiros mais carismáticos da Capital do Xaxado.

O evento contou com a participação do prefeito Luciano Duque que fez questão de dar seu pronunciamento, já que como tantos outros ali presente, também fez parte da “geração D.Gritos”, tendo sido um dos que na época, apoiaram e ajudaram ao grupo lançar seu único disco “Barriga de rei”.