Artesanato de Serra Talhada ganha destaque na feira livre antes de chegar à Fenearte

Cerca de 500 peças de artesanato produzidas por 26 mulheres que participam do curso “Artesãs Empreendedoras” em Serra Talhada ganharam destaque na Feira Livre da Capital do Xaxado nesta segunda-feira (10). O trabalho delas foi exposto durante o projeto Artistas na Feira, do Governo do Estado, em parceria com o poder municipal, visando incentivá-las a […]

10 de junho de 2013 | 17:47

Cerca de 500 peças de artesanato produzidas por 26 mulheres que participam do curso “Artesãs Empreendedoras” em Serra Talhada ganharam destaque na Feira Livre da Capital do Xaxado nesta segunda-feira (10). O trabalho delas foi exposto durante o projeto Artistas na Feira, do Governo do Estado, em parceria com o poder municipal, visando incentivá-las a se engajar na arte e a entrar no mercado de trabalho.Aretasanto 1

A exposição foi iniciativa da Secretaria da Mulher de Serra Talhada, que recebeu, recentemente, o convite para participar, em julho, da Fenearte (14ª Feira Nacional de Negócios do Artesanato), em Recife, para expor os trabalhos das artesãs serratalhadenses. O acordo foi fechado pela secretária da Mulher de Serra, Tatiana Duarte.

No último dia 4 de junho, a vice-prefeita se reuniu com Janete Rodrigues, técnica da Secretaria da Mulher do Estado e coordenadora dos trabalhos da SecMulher na Fenearte. “Estamos muito felizes pelo convite, pois o artesanato das nossas mulheres será vistos por milhares de pessoas”, comentou. O projeto “Artesãs Empreendedoras” que acontece na Capital do Xaxado é realizado em parceria com a Secretaria estadual da Mulher.

Durante a exposição no pátio da Feira Livre, ganharam destaque peças para todos os gostos em renda, feltro, biscuit, tecido, papelão e fibras de bananeiras. A exposição abriu espaço também para pinturas, costuras no estilo renascença, bonecas e sandálias. Ao final do curso “Artesãs Empreendedoras”, a Secretaria da Mulher de Serra Talhada planeja estimular a criação da cooperativa “Marias Artesãs de Serra Talhada”.

“A intenção é ajudá-las a continuar a produzir artesanato após o curso. É organizando que se pode fortalecer. Queremos ajudá-la a criar autonomia”, comentou a secretária da Mulher, Tatiana Duarte. O preço das peças expostas na Feira Livre da Capital do Xaxado variavam entre R$ 2 e R$ 350.