SAMU vai ser inaugurado em janeiro de 2014

 Nesta segunda-feira (18) o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque, o Secretário de Saúde do Município, Dr. Luiz Aureliano e o secretário Estadual de Saúde, Dr. Antonio Figueira fizeram visita às obras da sede do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) e em seguida se reuniram para definir a data de inauguração do Serviço.

 

Segundo declarações do secretário, Dr. Luiz Aureliano, se fazia necessário um encontro com os entes envolvidos para que se pactuasse a atuação de cada um, principalmente no que diz respeitos aos repasses do estado para manutenção do mesmo.

 

Ainda segundo o secretário, depois das visitas as obras da Central de Regulação do Samu, o secretário  Antonio Figueira anunciou para o final de janeiro do próximo ano a inauguração da mesma, jogando por terra notícias especulativas que circularam na imprensa recentemente.

 

“Serra Talhada cumpriu todas as suas obrigações, e mais, é sede de uma Macroregional de Saúde. Sua localização geográfica e sua importância como pólo de desenvolvimento da região a credenciam para ser sede da Central de Regulação do SAMU. Dizer ao contrário é pura especulação e querer desqualificar as potencialidades do município”, declarou Aureliano.

 

A Central de Regulação do Samu Macroregional, sediada em Serra Talhada, vai beneficiar uma população de mais de 800 mil moradores de 35 municípios do sertão do Moxotó e sertão do Pajeú. É uma obra com a participação do Governo Federal, Governo Estadual e Governo Municipal e chega agora a sua fase final. “Estamos na fase de acabamento e de montagem da unidade. Todas as burocracias já foram cumpridas, assim, com certeza no prazo estipulado na reunião desta segunda-feira, toda região já vai poder contar com este serviço, para isso, todos os envolvidos, União, Estado e Município estão direcionando seus esforços”, afirma o secretário Luiz Aureliano.

Duque - LulaO Prefeito Luciano Duque disse nunca ter dúvidas quanto ao funcionamento da Central em Serra Talha, “em momento algum se ventilou possibilidade contrária, como foi indevidamente divulgado. A obra está no seu final, logo, seria loucura pensar algo que não fosse colocá-la em funcionamento. Todos nós, Município, Estado e o Governo Federal estamos fazendo nossa parte e, com certeza, em muito breve a população vai está sendo beneficiada com os serviços do SAMU”, disse Duque e finalizou lamentando que “alguns poucos torçam e queiram o pior para o município. Acredito na força do trabalho e acho que é isso que devemos valorizar e procurar dar para nossa cidade, nosso trabalho e energias positivas”, finalizou Duque.